quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Em 2011…



Nesse clima de festa de fim ano, as pessoas costumam fazer planos para o ano seguinte. Tentando ter um ano melhor do que o que está acabando. Alguns fazem simpatias, outros fazem promessas, usam roupas de determinadas cores para atraírem algo para o ano que vem chegando.

Os brasileiros especialmente possuem costumes e crenças muito estranhas, isso se pararmos para analisá-las. Pular ondas, vestir de branco, acender velas, passar a virada de ano na igreja, em uma missa ou em um culto, como se tais coisas fossem realmente trazer um ano melhor.

As pessoas desejam um feliz ano novo, desejam paz, saúde, alegria, sucesso financeiro, harmonia, felicidade em geral. Mas isso tudo é muito superficial, no dia 2 ou 3 de janeiro as pessoas já esqueceram todos os seus votos, e todas as cordialidades para com o próximo.

Por isso sugiro que ao invés de fazermos tantas coisas bobas, possamos desejar todos os dias paz, amor, alegria, harmonia e tudo mais ao próximo. E não apenas desejar isso ao próximo, mas também que possamos fazer com que isso aconteça em nossas vidas, e fazer o melhor para ajudarmos ao próximo para que isso aconteça também na vida dele.


Feliz dia-a-dia a todos!


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Natal



A semana do Natal é esperada por muitos ao longo de todo ano. Os dias próximos ao natal leva as pessoas a uma atmosfera diferente, elas ficam mais amorosas, generosas, aumentam sua compaixão para com o próximo.

Este é realmente o sentido do natal, como também o do evangelho todo. Todo o evangelho é baseado no amor, e o natal como celebração do nascimento de Cristo não poderia ser diferente. Mas o espírito natalino deve estar em nós durante toda a vida, e não somente nesses dias. Que o espírito do natal nos contagie e nos leve a refletir sobre o amor, e que também tenhamos esse sentimento por toda vida.

A musica a seguir fala um pouco sobre tal amor e espírito que devemos ter.

Nas estrelas vejo a sua mão,
e no vento ouço a sua voz.
Deus domina sobre terra e mar.
Tudo Ele é pra mim.

Eu sei o sentido do natal,
pois na história tem o seu lugar.
Cristo veio para nos salvar.
Tudo Ele é pra mim

Até que um dia seu amor senti, sua imensa graça
recebi.
Descobri então que Deus não vive longe lá no céu, sem
se importar comigo.

Mas agora ao meu lado está.
Cada dia sinto seu cuidar
ajudando-me a caminhar.
Tudo Ele é pra mim.
Tudo Ele é pra mim.
Tudo é Jesus pra mim.


FELIZ NATAL!!!!


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Tudo muda e tudo passa



Na vida tudo muda, na vida tudo passa, o que te fazia rir hoje já não tem mais graça. Este é o trecho de uma música que retrata um pouco o que diz na bíblia, no livro de eclesiastes, em seu primeiro capitulo. Referindo-se ao inútil esforço do ser humano.

O homem tem muitos anseios, tem muitas vontades, adquirir bens, construir uma vida. Mas disso o que ficará? O que o texto nos diz, é que não há nada de novo, não há nada que não tenha acontecido em outra época com outras pessoas. O homem vive buscando inovações, mas de coisas que são perecíveis, algo que não será eterno.
Por mais que nos esforcemos, de nada adiantara. A bíblia diz que Deus prove alimento e vestimenta para os animais e para as plantas, sem que elas se esforcem para isso. Quanto mais ao ser humano. Deus não cuidara de nós? Não nos Dara o que comer e o que vestir? Então com o que há de nos preocuparmos?

Devemos tomar cuidado com este texto, pois ele não nos diz para sermos acomodados. Devemos sim trabalhar e correr atrás de nossos ideais, mas não fazer disso nosso objetivo de vida. Pois na palavra de Deus diz “buscai em primeiro lugar o reino de Deus e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Devemos manter o coração calmo, pois Deus sustentara o justo. O salmista diz “Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão”.

Que Deus cuide de cada um de nós de maneira especial.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Tapeceiro



Tapeceiro
Grande artista
Vai fazendo o seu trabalho

Incansável, paciente
No seu tear
Tapeceiro
Não se engana
Sabe o fim desde o começo
Trança voltas, mil desvios

Sem perder o fio
Minha vida é obra de tapeçaria
É tecida de cores alergres e vivas
Que fazem contraste no meio das cores
Nubladas e tristes

Se você olha do avesso
Nem imagina o desfecho
No fim das contas
Tudo se explica
Tudo se encaixa
Tudo coopera pro meu bem

Quando se vê pelo lado certo
Muda-se logo a expressão do rosto
Obra de arte pra honra e glória
Do Tapeceiro
Quando se vê pelo lado certo

Todas as cores da minha vida
Dignificam a Jesus Cristo
O Tapeceiro.

Letra e Música: Stenio Marcius

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Combati um bom combate




Será que ao chegarmos perto do fim de nossas vidas, poderemos dizer isso? Será que teremos orgulho de nossas atitudes? Poderemos olhar para trás, ver que valeu a pena os nossos esforços e dizer, combati um bom combate?

A nossa vida é feita de escolhas, e cada escolha sempre nos trará uma conseqüência, quer ela seja a curto ou longo prazo. E devemos assumir a responsabilidade de cada uma dessas escolhas. Devemos tomar cuidado com cada escolha feita.

Muitas pessoas têm medo de assumir suas escolhas, então preferem se omitir e deixar que as coisas aconteçam “naturalmente”. Uso aspas, pois não serão de fato naturais tais coisas. A omissão já é em si uma escolha, não se pode fugir disso. Mas existem dois caminhos que você pode seguir. Você pode enfrentar e arriscar que de certo ou errado, ou ficar parado olhando, deixando que o acaso resolva a sua vida.

Sem risco não há oportunidade, devemos nos arriscar em busca de algo melhor para nós, e para as pessoas que estão a nossa volta. A vida é cheia de erros, e com eles temos a oportunidade de aprender e crescer.

E mesmo que cheguemos ao fim de nossas vidas com muitas derrotas, teremos orgulhos de dizer, combati um bom combate, pois não fui omisso, eu errei, mas tentando acertar. Não ficaremos com o pensamento, eu poderia ter conseguido acertar, mas não tive coragem de arriscar.


“Eu posso errar, mas sempre vou errar tentando acertar, jamais me omitindo.”




Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Espiritualidade e Diaconia




Ao falar a palavra espiritualidade a primeira coisa que nos vem em mente é uma experiência humana e individual com algo divino ou sublime, exclusivamente no campo religioso da fé. Mas a diaconia pode e deve estar ligada com a espiritualidade, o serviço de ajuda aos necessitados é algo que deve ser base para uma boa espiritualidade. Carlos Queiroz tem uma frase muito interessante sobre o assunto. “A falta de pão na mesa do pobre pode ser uma denuncia da falta de espiritualidade no altar dos cristãos.” A espiritualidade não está apenas no campo do transcendente, o “mundo material” faz parte de uma boa espiritualidade.

A espiritualidade nos dias atuais tem passados por momentos de duvida, pessoas e programas têm feito com que a espiritualidade se torne algo questionável, tais pessoas têm transformado a espiritualidade em algo mercadológico, algo que pode ser comerciado, comprado ou vendido. A espiritualidade deve ir muito alem disso, não pode ser dominada por pessoas. A boa espiritualidade deve atingir o campo transcendental, mas não se esquece do material, a ajuda aos necessitados e o serviço deve sempre estar presente.

Como pode haver uma boa vida espiritual sem a preocupação com próximo? Como você pode sentir-se bem, sabendo que existem pessoas ao seu lado passando fome? Como pode ter um bom relacionamento com Deus, se não tem um bom relacionamento com o seu irmão? Deus se preocupa com você e com seu irmão da mesma maneira, e deseja que os dois tenham uma vida boa, tanto no campo físico como também no campo transcendente, tudo isso faz parte de uma espiritualidade saudável. A sua fé faz com que isso ocorra como deve ser. A sua fé deve ser uma resposta não apenas espiritual, mas também uma resposta ética, a fé deve mostrar reconciliação com Deus e com o próximo.

Este serviço como base da espiritualidade deve ser feito pelo amor, e não pela obrigação ou dever de ter uma boa espiritualidade, como diz em I Coríntios 13 sobre o amor e a caridade. A igreja, a fé, a espiritualidade devem ser a expressão deste amor.

Jesus mostra isso em seus milagres, sempre na cura, na multiplicação dos Paes, sempre com objetivo de ajudar as pessoas, fazendo caridade, curando pessoas, este é amor. Amor não pelo serviço, mas amor as pessoas, que acaba gerando o serviço para que todos tenham uma vida digna. Tenhamos em nós o mesmo que Jesus tem pelas pessoas.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Discipulado – a base do cristianismo



Há alguns dias atrás ouvi de um grande amigo a seguinte frase “quando a pessoa deixa o ser e fazer discipulado, perdeu toda a base do cristianismo”. O que o ser e fazer discípulo implica na vida cristã? Sem isso é possível ser um cristão saudável?

O cristianismo implica em relacionamento, Deus nos criou seres relacionáveis, todos os dias Ele ia ao jardim do Éden se relacionar com Adão e Eva. Não existe a possibilidade de uma existência saudável sem relacionamentos. E o discipulado é a melhor forma de se relacionar.

Ao ouvir falar discipulado, muitas pessoas pensam que isso não passa de reuniões de estudo bíblico, mas o discipulado vai muito além disso. Discipulado é andar junto, convivência, aprender um com o outro, sorrir junto, chorar junto. Jesus tinha essa intimidade com os seus discípulos. Estava sempre em volta da mesa com eles.

O discipulado muitas vezes requer apenas um relacionamento saudável, nada de muito extravagante, estudos bíblicos profundos. Basta uma conversa, uma troca de experiências para que Deus se manifeste. Muitas vezes a característica do discipulado é a inutilidade, o simples estar junto.
O mais importante é ver Deus na vida da pessoa, através das mais simples atitudes, a todo o momento devemos ser e fazer discípulos.

“Quando a pessoa perde a noção do discipulado, ela perde a noção do cristianismo” Jailson de Souza



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Dilma, a instituição da iniquidade?



A partir do dia 1 de Janeiro de 2011 o Brasil está sob novo comando, Dilma Roussef assumi a presidência do Brasil. Nessas eleições houveram muitas especulações sobre os candidatos. Dilma estava envolvida em discussões relacionadas liberação do aborto, casamento homossexual, infanticídio e outros assuntos polêmicos.

Isso lhe rendeu a perda de muitos votos, em especial o voto dos religiosos ligados a igreja católica e evangélica. Depois de muitas discussões Dilma assumiu outra postura, da mesma forma que fez o candidato da oposição José Serra.
Um grande pastor evangélico retirou seu apoio a Marina Silva, pois ela alegou que isso seria decidido em um plebiscito. O que seria a atitude mais sensata, pois mesmo sendo ela uma mulher cristã, não pode “enfiar seus princípios goela abaixo da população brasileira.

Correram pela internet vídeos e palestras dizendo que a Dilma assumindo a presidência seria instuicionalizada a iniqüidade em nossa nação. Mas independente de qualquer resultado da eleição esses assuntos seriam tratados. Mas devem ser assuntos secundários, existem outros aspectos que devem ser tratados pelo governo.

Preocupamos-nos, se gays vão casar ou deixar de casar, enquanto milhões de pessoas vivem abaixo da linha da miséria, passando fome. Preocupamos-nos com isso, pois somos ameaçados do nosso conforto, enquanto deveríamos fazer algo para melhorar a situação dessa gente que mais necessita de nossa ajuda.

Que Deus tenha piedade do nosso egoísmo, pois dizemos que somos cristãos e estamos de braços cruzados para os assuntos que realmente deveriam interessar. Essa deve ser nossa atitude?


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Votei no Serra e agora?



No ultimo domingo, foi o dia em que ocorreu a eleição e o Brasil elegeu a primeira presidente da sua história. Mas e quem votou no candidato da oposição José Serra? O que fazer? Qual atitude tomar? Não vai fazer nada pois não era a candidata que você desejava?

Quarenta e cinco por cento (45%) da população votou em José Serra, mas esse público todo deve cobrar a candidata do PT, assim como os que a elegeram, e também como todos os que votaram branco ou nulo. É dever de cada cidadão cobrar um país melhor, ainda mais, quem gostaria de ver outro candidato no comando do país. O seu voto é para uma sociedade melhor (pelo menos deveria ser) e não para que a vida de um indivíduo seja melhor. Então jamais deixe de criticar o governo Dilma e do PT, mas não pura e simplesmente críticas, use as críticas para o crescimento da sociedade.

Lembre-se também que não elegemos apenas presidente, mas também governadores, senadores, deputados, prefeitos e vereadores. E cobrar atitude deles não é suficiente, você deve cumprir o seu papel como cidadão para uma sociedade melhor.

A democracia é um ótimo sistema político, mas muitas vezes ele joga toda a responsabilidade nos governantes eleitos, mas não deve ser assim, cada cidadão é responsável pela sociedade na qual vive.

Você deve fazer diferença na sua cidade, no seu bairro, na sua rua, dentro do seu próprio lar. Que Deus nos ajude a ter uma sociedade melhor.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Eleições - a hora da verdade



Chegou a hora da verdade, dia 31 de outubro, conhecido também como o próximo domingo é o dia em que a população brasileira deicidirá o próximo presidente do nosso país. (Se você acredita que as eleições não são são forjadas)

A cada quatro anos temos a oportunidade de escolher a pessoa que nos representará diante do mundo. Essas eleições tomaram um rumo interessante, muitas questões religiosas envolvidas, diria até que as questões religiosas tomaram frente de debates e ataques. Muitas igrejas dividas em opniões politicas. E ainda se ouve pessoas falando que não se deve misturar religião com politica, mas acontece que ambas as coisas estão intimamente ligadas, não há como distinguir religião de politica.

Você deve pensar bem na hora de votar, (ainda mais nós evangélicos, que convenhamos não somos muito inteligentes nessa área) não devemos nos ater simplismente em questões religiosas. Devemo prestar atenção nas propostas de governo, não devemos querer impor nossa fé as pessoas, temos que lutar por uma país melhor, mais justo, não por um país mais evangélico.

Assuntos como o aborto, união homossexual estável, não devem ser o que decide o voto, isso deve, e será discutido seja qual for o canditado eleito. Nosso dever como cidadão é analisar as propostas e ver o melhor para sociedade como um todo, e não nos prender apenas ao voto, mas cada um deve fazer sua parte de outras maneiras, não devemos colocar toda responsabilidade nos politicos eleitos, devemos cobrar e não simplesmente reclamar, devemos buscar soluções e não simplesmente criticar.

Vamos pensar, fazer algo que o brasileiro tem muita preguiça, buscar nossos direitos, e não ficar de braços cruzados esperando, no próximo domingo, pense no que será melhor para o Brasil, pois serão quatro anos da escolha que você fez.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Sonho


Sonhei que eu tinha morrido
Não lembro direito de quê
Me vi frente a um alto e belo portão
Com uma placa escrito: Céu

Bati com um certo receio
Um anjo saiu pra atender
Me disse: “ Pois não ? “ – eu falei; quero entrar
Pois aí é o meu lugar

O anjo me disse: “curioso,
Eu não acho o seu nome em nossos registros”
Eu disse: procure num livro antigo
Escrito antes que houvesse mundo
E ali achará com a letra do Rei
Meu nome com tinta vermelha


Alguém entregou para o anjo
Registros que eu reconheci
Compêndio de todas as leis que eu quebrei
E os pecados que cometi

O anjo olhava os registros
Visivelmente assustado
E me perguntou: “ Foi assim que viveu? “
E eu então respondi que sim

“ Então como é que você tem coragem
De vir nessa Porta bater? “
Eu disse: olhe bem no final dessa lista
Você reconhece esta letra?
E o anjo sorrindo me disse:
“ É verdade!!! O Rei escreveu: Perdoado! “


E ao som dessa bela palavra
Aquele portão se abriu
Então eu entrava cantando um hino
Que pena que o sonho acabou
Ficaram comigo aquelas palavras:
“ Primeiro eu quero ver meu Salvador”

Letra e Música: Stenio Marcius

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Avante IPI do Brasil – Palmas –TO



Neste feriado tive a oportunidade de participar do projeto missionário Avante na cidade de Palmas em Tocantins. Foram dias muitos legais e especiais, a idéia do evento era ajudar no crescimento das igrejas presbiterianas independentes da cidade. Mais de 120 pessoas atuando como voluntários no projeto.

Foram feitas programaçoes de divulgação para os eventos que eram realizados no ginasio municipal da cidade. Nas tardes eram feitas programações infantis e a noite eram realizados eventos para toda a familia. Eventos com muita musica e apresentações teatrais com intenção de proclamar o evangelho.

O calor de Palmas muito forte deixará lembranças, assim como as amizades a chuva tomada e muito mais. Mas o que ficará na lembrança é a esperança que as pessoas receberam em suas vidas. Não foram resultados surpreendentes de muitas pessoas “entregando suas almas para Jesus”. Porém pode-se passar Cristo para as pessoas através de abraços, carinhos e atitudes. Pois não podemos pensar apenas em ganhar almas, enquanto vemos pessoas passando necessidades. E também conseguimos “sentir” Jesus em cada sorriso, em cada gesto, em cada casa que visitamos para termos simples conversas com os moradores, sem pretensão alguma. Pessoas de simplicidade incrivel e coração aberto para receber pessoas em suas vidas.

Fica a esperança no ar, de que a igreja pode sim fazer diferença na vida das pessoas, mas a verdadeira igreja, e não o que chamamos de igreja. A igreja como o verdadeiro corpo de Cristo.

Veja mais fotos em www.avantetocantins.blogspot.com


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Um pouquinho de filosofia!



Se o homem se encontra na menoridade não pela falta de entendimento, mas pela falta de decisão e coragem, não tem direção na vida. Mas e se isso ocorrer por outro motivo? Se o homem encontra-se na menoridade por outra circunstancia não pode ser considerado culpado. A grande maioria dos homens se encontra culpados na menoridade pela preguiça e covardia. A sociedade nos estimula a fazer isso. O sistema capitalista tem sempre uma solução pronta para nos oferecer, deixando-nos sempre acomodados.

Pelo fato do homem estar acostumado com a “vida boa” que ele tem na menoridade isso torna muito difícil deixar de viver assim. Segundo Immanuel Kant o homem chega a criar amor pela menoridade e não se importa de viver sempre assim. Kant diz ainda que é muito inseguro sair da menoridade, por isso são poucos que conseguem dar um salto seguro, da menoridade para liberdade.

Isso é perfeitamente possível, se a liberdade deseja for conseguida, é de responsabilidade de tal pessoa, que ajudem outras a saírem da menoridade, mesmo sendo que ela não seja capaz de tirar ninguém da menoridade, a não ser que a própria pessoa deseje praticar tal ação.

Professores, padres, pastores, políticos, entre outros deveriam trazer o publico que tem em seu alvo para a liberdade, tirando-os da menoridade, porem na grande maioria das vezes o que acontece é a manipulação, para que os que estão na liberdade tenham controle sobre aqueles que estão na menoridade, porem como isso pode ocorrer? Se na verdade quem não está na menoridade, e foi para a liberdade não tem esse tipo de comportamento ou pensamento. Seria esta uma falsa liberdade?

Segundo Kant não pode-se dizer que vivemos uma época esclarecida, mas sim de esclarecimento. De tal forma creio eu que talvez nunca conseguiremos viver uma época esclarecida, viveremos sempre no esclarecimento aqui neste mundo. Porem não devemos desistir do esclarecimento, devemos continuar lutando para a liberdade, de tal forma que possamos almejar que todos saiam dessa menoridade para a liberdade.

Lucas Fernando Borba dos Santos

Texto baseado na obra “O que é o esclarecimento?” de Immanuel Kant

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Batista, Presbiteriano, Menonita, Pentecostal, Católico...



Existem muitos tipos de fé, nos tempos em que vivemos, o que é chamado por alguns de pós-modernidade encontramos muitas crenças de diferentes tipos. E por incrível que pareça dentro de uma mesma religião encontra-se varias divisões, varias nomenclaturas de igrejas, varias placas denominacionais, e mais incrível ainda, existem disputas para se achar uma que seja de melhor qualidade. Uma denominação querendo provar a outra sua superioridade e etc.

Mas o que Deus acha disso? Deus é a favor das denominações? É claro que não estou aqui para falar da vontade de Deus, pois isso não é cabível a nenhum ser. Mas essa briga de denominações nada tem a acrescentar para a comunhão do corpo de Cristo. O que deveria acontecer é a união das forças para um trabalho a serviço do reino de Deus. E o que ocorre na verdade é disputa de membros, pessoas se achando santas e escolhidas por serem evangélicas, e condenando a igreja católica. Mas se Jesus viesse ao mundo hoje, será que ele seria evangélico? Obviamente não. Para Jesus não existem denominações, o que Jesus se importa é com o coração.

Devemos parar com esse orgulho que não nos leva a lugar nenhum. Igrejas históricas disputando com as pentecostais, e vice versa, ambas disputando com a igreja católica, isso não levará a lugar nenhum, e desta forma sou obrigado a concordar com a frase de Marx “a religião é o ópio do povo”. A religião não nos leva a lugar nenhum, mas sim o puro e intimo relacionamento com Jesus que nos leva diretamente a Deus.





Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Procurando bem todo mundo tem...


Procurando bem
Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina

E tem piriri, tem lombriga,
tem ameba
Só a bailarina que não tem

E não tem coceira
Verruga nem frieira
Nem falta de maneira ela não tem

Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina

Todo mundo tem
um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem

Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida ela não tem

Não livra ninguém
Todo mundo tem remela
Quando acorda às seis da matina

Teve escarlatina
ou tem febre amarela
Só a bailarina que não tem

Medo de subir, gente
Medo de cair, gente
Medo de vertigem
Quem não tem

Confessando bem
Todo mundo faz pecado
Logo assim que a missa termina

Todo mundo tem
um primeiro namorado
Só a bailarina que não tem

Sujo atrás da orelha
Bigode de groselha
Calcinha um pouco velha
Ela não tem

O padre também
Pode até ficar vermelho
Se o vento levanta a batina

Reparando bem,
todo mundo tem pentelho
Só a bailarina que não tem

Sala sem mobília
Goteira na vasilha
Problema na família
Quem não tem

Procurando bem
Todo mundo tem

Composição: Edu Lobo / Chico Buarque

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Pai Nosso 7 - Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre



Essa é a ultima parte da seqüência de estudos sobre a oração do “Pai Nosso”. Tentei passar alguns pensamentos que se encaixam nessa oração, obviamente podemos ver que algo muito complexo, e com certeza existem muitas outras coisas a serem abrangidas desta sublime oração. “Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre.” Depois de uma oração estamos muito acostumados e propensos a dizer “em nome de Jesus, amém.” Porem Jesus obviamente não faz desta maneira. Por que Jesus termina a oração que ele indica que deve ser feita desta maneira?

Jesus está dando toda a glória para Deus Pai, ele poderia muito bem ter tomado esta glória para si mesmo, pois era o próprio Deus encarnado. Mas teve a humildade de fazer desta forma. Isso serve para nos mostrar que devemos agir com humildade, e sabermos que não somos donos de nada. Nada pertence a nós, nem mesmo o nosso próprio corpo, tudo o que temos e o que somos vem de Deus. E por mais talentosos que sejamos não devemos receber nenhuma glória, tudo deve ser dado a Deus. Pois o próprio Jesus diz, que devemos receber a recompensa no céu, na vida eterna, quem recebe glórias aqui, já recebeu o que merecia.

Devemos sim reconhecer o nosso talento e dos outros, mas saibamos que tudo isso é por misericórdia e graça de Deus. Ele nos concede dons e talentos para serem usados para o bem, usados na sua obra. Por isso quer comamos, quer bebamos, ou façamos qualquer outra coisa, façamos para honra e glória de Deus.

Amém!

Lucas Fernando Borba dos Santos

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Pai Nosso 6 - Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal



“Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal”. Jesus diz essa frase na oração do pai nosso com muita propriedade. Assim como todas as outras partes, mas esta em especial. Jesus mesmo sendo Deus pede ao pai que o livre do mal, sendo que bastaria ele ordenar que o mal se afaste. Porque Jesus diz isso? Será que tem algo para nos ensinar?

Jesus sempre tem uma lição para refletirmos, e nesta frase não poderia ser diferente. Jesus mesmo sendo Deus, tomou forma de homem, e soube na própria pele o que é ser tentado, quando ele passou quarenta dias no deserto sendo tentado por satanás. Jesus como todos nós, sentiu fome, sede, necessidade de muitas coisas, a única diferença é que nunca cometeu pecado algum.

Jesus sabia o que era ser livrado do mal, sabia o que era passar fome, sede. Jesus sabia que o mal estava no mundo. Em outra ocasião Jesus diz “não peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal”. Jesus se preocupa com o seu bem estar, ele não tem prazer algum em ver o ser humano passar por sofrimentos. Porem esta foi a escolha que fizemos, ao juntamente com Adão e Eva comermos o fruto proibido e pecarmos.

Deus não manda tentação maior que possamos enfrentar, e alem disso temos Jesus conosco. E devemos orar assim, pedindo que Deus nos ajude a ficarmos firmes, sem cairmos em tentação, e que a cada dia Ele nos livre do mal.
Amém!


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Pai Nosso 5 - perdoa nossas dividas



“Perdoa as nossas dividas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores” Esta é a parte da oração do Pai Nosso que fala sobre o perdão. Perdoa as nossas dividas? O que isso quer dizer? Dividas financeiras? Na verdade Jesus é bem abrangente com essa declaração.

Ao dizer perdoa nossas dividas, ele diz em relação a tudo quanto devemos, tanto em amor ao próximo, quanto em fidelidade ao próximo e a Deus também, em todas as áreas de nossas vidas.

Algo muito interessante para analisarmos nesta parte da oração é que Jesus diz logo depois de pedir que perdoe nossas dividas, assim como nós perdoamos nossos devedores. Jesus parte do pressuposto que sempre perdoaremos as dividas que as pessoas tem conosco, pois desta forma sim merecemos o perdão de Deus. Pois como podemos pedir perdão se não temos a coragem de perdoar ao próximo?

Como anda o exercício de perdão em sua vida? Perdoar faz bem, perdoar é deixar para trás, trazer um novo começo, sem magoas, sem rancor. Deus nos perdoa todos os dias, a cada dia nos da uma nova chance. Deus mandou seu Filho Jesus para morrer em nosso lugar. Para termos uma nova chance, e pelo seu sangue derramado hoje somos perdoados, somos remidos. Jesus que jamais cometeu um pecado sequer morreu em nosso lugar. Jesus que nunca precisou pedir perdão, morreu para sermos perdoados.
Diante disso o que faremos? Perdoaremos ou não? Pediremos perdão quando errarmos ou não? Faça uma pequena reflexão de como tem sido isso em sua vida.
Deus abençoe




Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Pai Nosso 4 - Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia



Estamos na quarta parte deste estudo sobre a oração do “Pai Nosso” vimos algumas coisas relevantes já sobre esta oração. Vamos ver agora a parte que diz “Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia”. Através desta parte, podemos ver a simplicidade Jesus ao pedido para o Pai que estás no céu, pedindo simplesmente o alimento do dia. E nós temos essa mesma simplicidade? Ou somos gananciosos e pedimos coisas egoístas e absurdas a Deus?

Jesus está preocupado com que os seus ouvintes ali não sejam gananciosos. Jesus sabe que Deus cuidará de seus filhos nos mínimos detalhes. No antigo testamento existe uma passagem relatada que diz “nunca vi o justo desamparado, nem a sua descendência mendigar o pão”. E isso serve de lição para nós.
No Novo Testamento Jesus diz, o pai que está no céu acaso não veste as plantas e as flores do campo? Não da alimento a elas todos os dias sem que elas façam o menor esforço? Quanto mais a vocês que são filhos dele, basta a cada dia o seu próprio mal.

O pão nosso Deus dará a cada dia, simplicidade para Deus é algo incrível. Sejamos simples em nossas conversas com Deus. Não peçamos coisas extravagantes, mas façamos como Jesus fez, aprendamos com sua simplicidade. Pois basta nos preocuparmos com cada dia. Deixemos o amanhã, pois ele pertence a Deus.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Pai Nosso 3 - Seja feita tua vontade



A terceira parte da famosa oração do “Pai Nosso” que iremos analisar diz “Venha o teu Reino; SEJA FEITA A TUA VONTADE, assim na terra como no céu.” Jesus ensina-nos a dizer que a vontade de Deus seja feita. Muitas vezes não pensamos nos planos de Deus para nós, e saímos lhe pedindo coisas absurdas, mas e se o que estamos pedindo caminha contra a vontade de Deus, o que devemos fazer?

É muito comum sairmos em nossas orações pedindo coisas a Deus sem o menor cuidado. Mas não devemos fazer desta forma. Deus sempre responde as nossas orações seja com uma resposta positiva ou negativa. Por isso devemos tomar muito cuidado com o que pedimos a Ele. Em nosso coração deve estar acima de qualquer coisa o desejo de fazer a vontade de Deus.

Jesus como nós, fazendo-se homem, sentiu medo e orou dizendo “Pai, se possível afaste de mim este cálice.” Mas espera um minuto, Jesus foi crucificado, então quer dizer que Deus não atendeu a oração de Jesus? Não, não, não, nada disso, a oração de Jesus não termina por ai, logo em seguida ele diz “... mas acima de tudo seja feita tua vontade.” Ou seja, Deus atendeu a oração de Jesus fazendo conforme era da sua vontade.

Muitas vezes oramos pedindo que Deus faça a sua vontade em nossas vidas, mas nem sempre estamos realmente dispostos a fazer sua vontade, dizemos isso por mera religiosidade.

O meu desejo é que Deus use nossas vidas da maneira que Ele quiser, mas temos que nos colocar a disposição para que isso aconteça. E ao orarmos, que o façamos de maneira correta, e dessa forma Deus sempre vai atender nossos pedidos. Que acima de tudo seja feita a vontade de Deus.

Amém


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Pai Nosso 2 - Santificado seja o Teu nome



Pai nosso, que estás no céu, SANTIFICADO SEJA O TEU NOME. Essa segunda parte da oração do pai nosso nos diz que o nome de Deus deve ser santificado. Mas como devemos santificar o nome de Deus? O nome de Deus já não é santificado o suficiente? Eu que tenho que tornar o nome de Deus santo? São perguntas que fazemos a este texto.
Logo de cara quero deixar claro que o nome de Deus é Santo, é nome sobre todo o nome. Em momento algum ele depende de nós para ser santificado, ou para tornar-se mais santo. Mas então por que Jesus nos manda orar desta forma?

Santificado seja o teu nome, é uma forma de reconhecermos que o nome de Deus é Santo, é um exercício para nós mesmos. Nós devemos reconhecer a santidade de Deus, devemos saber orar apenas louvando e engrandecendo o nome de Deus. É muito fácil ficarmos pedindo coisas a Deus, e também às vezes é fácil agradecê-lo quando tudo esta bem. Mas devemos gastar tempo engrandecendo o nome de Deus, não que dessa forma o nome de Deus será exaltado, mas para nós termo consciência disso, para nós exercitarmos a reconhecer o quanto Deus é maravilhoso e majestoso.

Também devemos santificar o nome de Deus com nossas atitudes. Ao carregarmos o “titulo de cristão” estamos representando de certa forma o nome de Deus. Então devemos tomar muito cuidado com o que fazemos. Pare um minuto e pense. Reflita se suas atitudes têm santificado o nome de Deus.

Que Deus nos ajude a santificar o seu nome, de todas as formas. Tanto para com as outras pessoas com as nossas atitudes, como também para com nós mesmos, reconhecendo a santidade de Deus o Todo Poderoso Senhor das nossas vidas.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Pai Nosso - 1



Jesus ensinou a oração do “Pai nosso” durante o seu sermão do monte, tentando dessa forma ensinar-nos a orar de forma simples e objetiva, agradecendo e falando de nossas necessidades básicas. Mas a oração do pai nosso não é tão simples e básica quanto parece. Em uma pequena serie de estudos tentaremos compreender um pouco mais sobre a oração do pai nosso.

Analisando somente essas duas pequenas palavras podemos tirar grandes conclusões. “Pai Nosso”. Pai, está palavra é muito forte e especial para as pessoas, Jesus chama Deus de pai, pois de fato Ele é seu filho. Muitas pessoas dizem erroneamente todos são filhos de Deus, porem todos são criaturas de Deus, filhos de Deus são somente aqueles que o aceitaram Jesus como Senhor e salvador de suas vidas.

A palavra “nosso” também inserida logo no começo da oração, indica sentido de comunidade, uma oração que não deve ser feita de forma egoísta. Hoje estamos muito acostumados a orar pelos anseios, “ficamos olhando apenas para o nosso umbigo”. Cantamos as musicas na igreja na primeira pessoa do singular. Será que Jesus não queria nos instruir sobre o conceito de comunidade, de nos preocuparmos uns com os outros?

O que temos feito em nossas orações hoje? Fazemos pedidos incessantes para nosso beneficio ou fazemos pedidos em benefícios comunitários? Temos pensado em Deus como MEU PAI? Ou temos visto Deus como o PAI NOSSO?
Que o PAI NOSSO que estás no céu cuida de nós e coloque em nosso coração a preocupação com nossos irmãos, para que dessa forma deixemos de ser egoístas.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 28 de julho de 2010

quarta-feira, 21 de julho de 2010

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Perdoar faz bem



Muitas pessoas vivem amarguradas pelo fato de não terem coragem de pedir perdão, outras pessoas vivem amarguradas pelo fato de não conseguirem perdoar alguém? Mas por que guardar magoas? Por que existe tanta dificuldade em perdoar?

Jesus morreu na cruz para que os pecados da humanidade fossem perdoados, e nós por motivos fúteis guardamos sentimentos desnecessários em nosso coração. Certa vez Jesus foi perguntado quantas vezes devemos perdoar em um dia. Jesus respondeu que devemos perdoar setenta vezes sete, porem isso não quer dizer um número exato, mas sim que devemos perdoar infinitamente.

Perdoar não significa sermos bobos, de perdoar sempre e sermos enganados novamente, como por exemplo, em um relacionamento. Perdoar não significa dar uma nova chance, mas sim esquecer o que se passou.
Perdoar faz para quem é perdoado e também para quem perdoa, não deixe que sentimentos de magoa fique em seu coração. Faça como Jesus ensinou, perdoe como ele perdoou.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 7 de julho de 2010

O que você tem sonhado?



O que você tem sonhado? Referindo-me a palavra sonhos, digo sobre quais são seus projetos para a vida? O que você pensa em fazer daqui a cinco, dez ou quinze anos? O que você pensa em desenvolver? Já parou para pensar como será sua vida daqui algum tempo? Ou você tem vivido um dia de cada vez sem pensar no futuro?

Talvez você tenha deixado de sonhar a algum tempo, não tem projeções futuras. Talvez algo que tenha acontecido o deixou desanimado, sem vontade de fazer planos, talvez algum plano frustrado. Caso isso esteja acontecendo com você, caso você não tem sonhos, tenho uma péssima noticia para te dar. Você é um “morto vivo”. Certa vez ouvi uma frase que dizia “Quem deixa de sonhar, deixa de viver”. A pessoa que não tem sonhos não está vivendo, é como se ela vivesse apenas por obrigação. Não possui uma perspectiva de algo melhor, não deseja “subir na vida”.

Agora tenho uma ótima noticia para todos, você pode sonhar, não somente pode como deve sonhar. Deus nos criou para sermos prósperos, isso não implica que não soframos, mas Deus quer o bem de todos. Sonhe, faça planos, dedique sua vida para algo que o faça feliz. Planeje ter uma namorada, casar-se, ter filhos, ser uma pessoas bem sucedida. O livro de eclesiastes fala que devemos aproveitar a vida aqui na Terra, pois daqui nada levaremos. Preste atenção, não estou dizendo para ter uma vida como queira, mas sim para aproveitar a vida como ela deve ser aproveitada.

Não existe nada melhor que sonharmos os sonhos de Deus para nossa vida. Peça discernimento a Deus, ore a Ele para que coloque em sua vida os sonhos dEle. Ele e somente Ele pode te direcionar e te guiar para o caminho certo, Ele pode te mostrar o sonho que você deve sonhar. Confie em Deus e você terá belos sonhos, em todos os sentidos.





Lucas Fernando Borba dos Santos

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Quem decide?


A vida é feita de decisões, todos os dias tomamos decisões simples que não imaginamos a proporção dos acontecimentos futuros em nossas vidas que isso acarreta. Por menores que sejam essas decisões podem nos levar a coisas inacreditáveis. Uma simples escolha de dormir cinco minutos a mais ou a menos altera todo o nosso dia, virar para direita ou para esquerda, comer arroz ou feijão, colar na prova ou não, passar no sinal vermelho ou esperar o sinal verde. Tudo isso altera nossa vida, e essas escolhas é você quem a faz.

Mas e quando a vida de outra pessoa está em jogo, o que você faz? Existem situações que ultrapassam o nosso controle de decisão, a escolha pode afetar outras pessoas. Se na época do Nazismo um judeu bate em sua casa pedindo esconderijo e você o abriga, quando o soldado alemão chega e pergunta se ali tem algum judeu, o que você vai dizer? Sabendo que se o soldado encontrar o judeu irá matá-lo. Você vai mentir para salvar uma vida? Ou vai falar a verdade e deixar que o judeu morra? O que vale mais? A verdade ou a vida?

E quando uma pessoa passa por um grave acidente, e passa a viver em estado vegetativo, ou a sobreviver com auxilio de aparelhos, quem decide se está pessoa ficará viva desta forma, ou será sacrificada? A família? O governo? O que vale mais? O que tem mais peso? Sempre existe uma pontinha de esperança?

Poderia citar aqui inúmeros casos deste tipo, mas estes dois acima são o suficiente. Quem são os homens para escolher se alguém deve viver ou morrer? Quem são os homens para decidir o que é melhor ou pior para alguém? Quem são os homens para decidir o que é melhor ou pior para si mesmo? Alias o homem pode fazer escolhas?

A sociedade é organizada por regras e leis para que assim haja um bom andamento das coisas, mas essas regras são necessárias para haver um bom andamento das coisas? O homem não é capaz de viver em harmonia sem que haja regras? O que é homem se não consegue se relacionar com outro sem que alguém lhe ordene o que faça? Desta maneira podemos realmente chamar o ser humano de racional?

Freqüentemente se ouvem perguntas do tipo: de onde viemos? Para onde vamos? Qual o nosso propósito? Estas são perguntas que as religiões tentam dar respostas. Mas quem são os pastores? Quem são os padres? Quem são os pais de santo? Quem é qualquer homem para dar este tipo de resposta?

Os cientistas e os religiosos já viveram grandes conflitos sobre a criação do universo, e não há um consenso geral sobre o assunto, e mais uma vez questiono, quem é o homem para afirmar algo?

Somos apenas opinantes da vida, a vivemos loucamente e inseguramente, decidindo se vamos para direita ou para esquerda, se subimos ou se descemos, se vivemos ou se morremos. O poder está nas mãos daqueles que têm a melhor condição financeira. A desigualdade salta em nossos olhos e nada podemos fazer.

Quando pensamos que somos donos da vida, vem uma doença incurável, e nem todo o dinheiro do mundo pode nos salvar. Quando menos esperamos cai um avião do céu e mata milhares de pessoas, e o dinheiro não pode fazer nada. Quando menos se espera um terremoto mata milhares de pessoas e nada pode ser feito.

Afinal de contas quem decide as coisas? Será mesmo que escolhemos se vamos para direita ou para esquerda?


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Cartão Vermelho



No ultimo domingo a seleção brasileira de futebol obteve sua segunda vitória na Copa do Mundo de 2010, foi um belo jogo para o time brasileiro, que venceu a seleção da Costa do Marfim, porem não foi tudo maravilhoso. Alguns jogadores do Brasil saíram de campo contundidos e aquele que é considerado o craque da seleção foi expulso.

Ricardo Izecson, conhecido como Kaká recebeu dois cartões amarelos. O primeiro por excesso de discussões com os adversários Africanos, e o segundo por acertar uma suposta cotovelada em um jogador marfinense. Mas Kaká deveria realmente ter sido expulso de campo? Ele acertou uma cotovelada no jogador adversário? E caso tenha acertado, foi de maneira proposital? São perguntas que não podemos dizer a verdade, no máximo podemos opinar sobre o fato ocorrido.

Praticamente o mundo todo acredita na inocência do craque brasileiro, e eu confesso que também acredito em sua inocência, mas apesar de estar praticamente provada sua inocência, ele será punido e pagara a sua punição. Isso ocorre muitas vezes em nossas vidas, somos culpados por muitas coisas que não cometemos, e julgados por pessoas que não podem culpas ou inocentar ninguém.

O que cabe a nós é confiarmos em Deus, e saber que Ele está no controle de todas as coisas. Quem são homens para que julguem uns aos outros? Deus usa as mais diversas situações para o crescimento de cada pessoa. Confie em Deus em toda situação, Ele sempre quer o melhor para aqueles que o amam.

“Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus...” Rm 8:28


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 16 de junho de 2010

O primeiro passo



Ontem a seleção brasileira de futebol deu o primeiro passo rumo ao hexa, toda a nação parou para acompanhar uma apresentação mediana da nossa seleção. A população se reuniu em vários lugares para festejar a magra vitória. Os torcedores esperavam mais da seleção que veio com o discurso pronto, “o importante é garantir a vitória na estréia”

Sim isso é verdade, foi uma vitoria importante, afinal o uma seleção precisa de apenas oito gols para ser campeã mundial, pois são apenas oitos jogos, se fizer um em cada partida e não tomar gols levará a taça. E é desta maneira que devemos caminhar, um passo de cada vez. Esperamos que este primeiro passo seja um passo rumo a vitorias não somente no futebol, mas vitorias na vida dos brasileiros que tanto precisam de dignidade. Que esta seja uma vitoria contra a fome, um vitoria contra o preconceito.

Que nós continuemos a jogar do lado certo, o lado do amor ao próximo, o lado da caridade, o lado da compaixão e desta forma as outras vitorias serão apenas conseqüência.

Que Deus abençoe o BRASIL!


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Uma nação unida



Amanha começa um dos maiores eventos mundiais que desta vez será realizado na África do Sul. A Copa do Mundo de Futebol. Um evento que acontece a cada quatro anos e aguardado por muitas e muitas e pessoas. Apesar de muitas mulheres e alguns homens não gostarem muito de futebol nesta época todos se unem para torcerem no mundo todo.

A seleção brasileira é uma das favoritas ao titulo, e nesta época o país todo é movido por isso, grande parte do comercio aproveita essa época para lucrar, nos momentos de jogos do Brasil o país praticamente para e assiste, torce, vibra, se angustia e assim vai a nação toda com um só objetivo, a taça.

Muitos brasileiros não ficaram satisfeitos com a convocação do técnico dunga, e dizem que não torcerão para uma seleção que não estão de acordo com sua convocação. Mas na vida nem sempre estamos de acordo com o que acontece, e neste momento é hora de deixarmos todas a diferenças de lado e estarmos unidos todos no mesmo objetivo, e isso não se restringe apenas a taça do campeonato mundial, mas na paz, na torcida por uma país melhor, e também para que a nossa seleção nos de muitas alegrias.

Esteja jogando do lado certo, fique no seu time, não mude de lado, que Deus seja o capitão de todos os brasileiros, tendo Jesus como técnico e o Espírito Santo como atacante teremos um time imbatível. Que através deste evento o nome de Deus seja glorificado, pois Ele é o autor de todas as coisas boas e de todo os espetáculos.





Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 2 de junho de 2010

O que é a verdade?



O que é a verdade para você? Algo que tem dizem, ou alguma afirmação na qual você acredita? Nos dias de hoje a verdade tem ficado cada dia mais escassa, conceitos falsos de verdade tem entrado cada dia mais em nosso cotidiano. Não podemos mais acreditar em nada sem ao menos fazer uma breve pesquisa do que nos dizem.

Mas o que realmente é a verdade? No que você tem acreditado? Você simplesmente acredita no que te dizem? Um conceito que se aproxima bastante da verdade é a totalidade. Vamos falar um pouco sobre a totalidade. Imagine um sofá, e tente descobrir a totalidade sobre ele. Todos seus componentes, madeiras, espumas, tecidos, pregos e tudo mais. Você deveria descobrir origem sobre cada material usado, como é produzido, de onde veio. Provavelmente você demoraria algumas semanas ou meses para conseguir isso.
Alem disso precisaria de uma equipe especializada para isso, assim você conseguiria a totalidade sobre aquele sofá, aí sim poderia dizer que você sabe a verdade sobre o sofá.

Ao falar nessa totalidade vem uma pessoa em minha mente, Jesus Cristo, ele é a totalidade da vida. Não é por acaso quando ele diz “Eu sou o caminho, a VERDADE, e a vida...” .

Jesus Cristo pode preencher qualquer vazio que exista, ele é a verdade. Jesus é a totalidade. Ao estarmos unidos com Ele, entendemos o que é esta verdade, ou pelo menos parte dela.

“conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara” Não será mais escravo da enganação, da ignorância, de tudo aquilo que te afasta de Deus. Entregue-se a verdade e você entenderá a vida de outra maneira.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Criticar é fácil



Vivemos em uma sociedade com muitas dificuldades. Dificuldades financeiras, emocionais, espirituais, dificuldade de relacionamento. Hoje nada é conseguido facilmente, tudo requer muito esforço e suor para ser alcançado. As conquistas vem com esforço e são muito valorizadas. Conquistas femininas, conquistas dos homossexuais, dos trabalhadores, das religiões dos cientistas e muito mais.

Mas grande parte das pessoas não conseguem essas conquistas e vivem em uma vida medíocre, não digo isso em relação a vida financeira e materialista, mas sim em conquistas pessoais. Em virtude disso surgem as criticas. As pessoas encontram problemas e defeitos em tudo. Nada é bom, tudo tem problemas, não conseguem ver o lado bom, se há algo que edifique. Algo que você deve estar acostumado a ver, é o fato de pessoas reclamando do governo, mas não enxergam a evolução que o governo consegue. Devemos sim cobrar os governantes, e todas as instituições, mas devemos também reconhecer as coisas boas. E não ficarmos parados, se não podemos ajudar, não devemos criticar. A critica é sempre bem vinda, desde que seja algo construtivo, e que possa ser realizado em detrimento a benefícios mútuos.

É muito fácil criticar qualquer tipo de instituição, por pior que ela pareça aos nossos olhos, sempre está beneficiando alguém. Por mais que pareça ridículo a você, pessoas de outro contexto serão impactadas por aquilo. Invés de criticar procure ver o lado positivo e saber o contexto, e se possível ajude a melhorar. Se todos derem uma pequena contribuição, por menor que seja os benefícios serão imensos.





Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Um pouquinho de Filosofia


Se o homem se encontra na menoridade não pela falta de entendimento, mas pela falta de decisão e coragem, não tem direção na vida. Mas e se isso ocorrer por outro motivo? Se o homem encontra-se na menoridade por outra circunstancia não pode ser considerado culpado. A grande maioria dos homens se encontra culpados na menoridade pela preguiça e covardia. A sociedade nos estimula a fazer isso. O sistema capitalista tem sempre uma solução pronta para nos oferecer, deixando-nos sempre acomodados.

Pelo fato do homem estar acostumado com a “vida boa” que ele tem na menoridade isso torna muito difícil deixar de viver assim. Segundo Immanuel Kant o homem chega a criar amor pela menoridade e não se importa de viver sempre assim. Kant diz ainda que é muito inseguro sair da menoridade, por isso são poucos que conseguem dar um salto seguro, da menoridade para liberdade.

Isso é perfeitamente possível, se a liberdade deseja for conseguida, é de responsabilidade de tal pessoa, que ajudem outras a saírem da menoridade, mesmo sendo que ela não seja capaz de tirar ninguém da menoridade, a não ser que a própria pessoa deseje praticar tal ação.

Professores, padres, pastores, políticos, entre outros deveriam trazer o publico que tem em seu alvo para a liberdade, tirando-os da menoridade, porem na grande maioria das vezes o que acontece é a manipulação, para que os que estão na liberdade tenham controle sobre aqueles que estão na menoridade, porem como isso pode ocorrer? Se na verdade quem não está na menoridade, e foi para a liberdade não tem esse tipo de comportamento ou pensamento. Seria esta uma falsa liberdade?

Segundo Kant não pode-se dizer que vivemos uma época esclarecida, mas sim de esclarecimento. De tal forma creio eu que talvez nunca conseguiremos viver uma época esclarecida, viveremos sempre no esclarecimento aqui neste mundo. Porem não devemos desistir do esclarecimento, devemos continuar lutando para a liberdade, de tal forma que possamos almejar que todos saiam dessa menoridade para a liberdade.

Lucas Fernando Borba dos Santos

Texto baseado na obra “O que é o esclarecimento?” de Immanuel Kant

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Convocados – Você está nessa lista?



Ontem saiu a lista de convocados da seleção brasileira para a copa do mundo da África. O que gerou indignação em muitos brasileiros, pois o técnico dunga não levou jogadores que grande parte da nação gostaria de ver jogar nessa copa. Nomes como Neymar ficaram de fora dessa lista, alem de Ronaldinho Gaucho e Paulo Henrique Ganso que ficaram na “lista de espera”. Mas a lista da copa é muito simplória e não significa perto da lista de convocados de Deus.

Deus convoca pessoas para o seu trabalho, vocaciona homens para fazer a sua obra. E se você for convocado estará pronto para fazer parte desse time? Você sabe o que é necessário para fazer parte desse time? É muito simples, basta se colocar a disposição para servir a Deus, pois a ceara é grande, porem os trabalhadores são poucos. Deus não escolhe aqueles que estão preparados, mas prepara aqueles que escolhe.

A lista de Deus é imensa, maior que a lista do comentarista Neto da Band. Brincadeiras a parte, devemos estar preparados para servir a Deus em qualquer ocasião, independente de quem esteja conosco. Não podemos pensar como alguns brasileiros estão pensando, o Neymar não foi convocado, então não torcerei para o Brasil. Podemos ter muitas surpresas. E se aquele seu amigo não for convocado para a obra? Você também deixará de lado a obra de Deus.

Não podemos escolhe data nem horário, apenas devemos nos prepara para quando Deus nos chamar, estarmos prontos para fazer a sua vontade, e para isso é necessário um relacionamento intimo com Deus, e isso se da através da amizade, que vem de diversas maneiras. Mas é imprescindível uma vida de oração e leitura da palavra.

PREPARE-SE, VOCÊ PODE SER O PRÓXIMO CONVOCADO!!!!



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 5 de maio de 2010

O desafio bíblico da espiritualidade cristã



Nos tempos de pós-modernidade houve uma grande banalização da espiritualidade, muitas pessoas usam o termo, sem ao menos o conhecerem, e muitos ainda pior, possuem um falso conceito da palavra. Vemos muitas pessoas buscarem a espiritualidade, pessoas de todas as religiões, ou até mesmo pessoas que não possuem religião.

É um assunto que entramos com facilidade nos dias de hoje, e isso é um mal sinal, porque quando pessoas falam muito de um determinado assunto, é porque isso precisa ser melhorado, por exemplo, se falam muito sobre colesterol, é um sinal ruim, quer dizer que as pessoas precisam cuidar mais de seu nível de colesterol e com a espiritualidade é a mesma coisa. Nos dias de hoje podemos ver muitas almas carentes, e com isso recorrem para todo tipo de doutrina, buscando a “paz interior”.
Uma grande dificuldade nos dias de hoje para uma espiritualidade saudável, é o divorcio entre Teologia e Espiritualidade.

As pessoas não conseguem mais enxergar isso como algo unido, que não pode haver a existência de um sem o outro. Para alguns o que é essencial é a teologia, o conhecimento, e estes normalmente possuem certo preconceito com os que buscam a espiritualidade. Já para outros que buscam a espiritualidade, o poder de Deus, de nada importa o conhecimento, o que vale mesmo é a dependência do Espírito Santo, e criticam os que buscam o conhecimento.

Na verdade temos um duplo desafio, de buscar uma Teologia espiritual, e uma Espiritualidade teológica. Ambas as coisas não podem existir separadamente. Se buscarmos o conhecimento da palavra de Deus, isso virá junto com o seu poder sobre nossa vida, não é possível que haja conhecimento na palavra de Deus sem o seu poder revelado a nós. Toda a pessoa que lê a escritura sagrada e a entende, é tocada pelo poder de Deus.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Oração 2 - A oração errada



Como já sabemos, oração é conversar com Deus, nos relacionarmos com Ele. Certamente você já ouviu dizerem a seguinte bobeira “Para que orarei se Deus já sabe o que eu preciso?”. Muitos oram por mera religiosidade, cada um acha o seu motivo para orar. Mas como você tem orado? Será que tem orado de maneira certa?

Bem, não estou aqui para julgar a sua maneira de orar, nem de lhe dizer a maneira correta como você deve orar. Jesus já nos ensinou como devemos orar. Mas tem algo que posso dizer para você. Com certeza muitas vezes oramos errado. Ficamos fazendo pedidos e mais pedidos a Deus, de forma cansativa e repetitiva. Deus sabe o que precisamos. Respondendo a pergunta feita anteriormente, oramos para ter relacionamento com Deus, mesmo Ele já sabendo aquilo que precisamos, Deus nos criou seres relacionáveis, e temos a necessidade de nos relacionarmos com Deus. Se o próprio Jesus que tinha comunhão ininterrupta com o Pai tinha uma vida de oração, por que nós não deveríamos ter?

Muitas vezes oramos pedindo aquilo que desejamos, também fazemos isso erroneamente, devemos pedir a Deus que nos de aquilo que for da sua vontade, devemos pedir que Deus coloque em nosso coração o desejo dEle e não o nosso. Por isso Jesus ora assim “Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.”

Pedimos a Deus coisas muito insensatas de nossa parte, que deveríamos agradecer por Ele não nos conceder aquele pedido. Alguma vez você já orou agradecendo a Deus por algo que você pediu e Ele não realizou, pois eu digo a você que isso deveria ocorrer freqüentemente. Pois fazemos pedidos muito insensatos.
A minha oração é para que Deus coloque em nosso coração a sua vontade, para pedirmos a Ele somente o que for de seu agrado.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Oração



Orar nada mais é do que falar com Deus, ter um relacionamento com Ele, conversar, como você conversa com um amigo. Algumas pessoas têm mais facilidade para isso, outras não. Mas a oração é algo que devemos praticar para que possamos progredir em nosso relacionamento com Deus.

Não existe uma receita para a oração, Jesus diz que devemos orar assim: “Pais nosso que estás no céu! Santificado seja o teu nome. Venha a nós o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dividas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a gloria para sempre. Amém. Devemos seguir o que Jesus manda, essa é a oração que devemos fazer.

Como orar é uma conversa com Deus, imagine você conversando com um amigo. Você fica apenas pedindo coisas ao seu amigo, ele certamente ficaria aborrecido com você. Devemos não somente pedir coisas a Deus, mas sim devemos agradecer e exaltar o seu nome também. Se fossemos agradecer a Deus por tudo o que faz por nós, passaríamos a vida toda orando sem cessar e não seria suficiente. Orar é exercitar a nossa fé. A palavra de Deus diz se você pedir eu te darei. Não importa quanto tempo isso demore. Tenha fé no que você pede a Deus, ele é um Deus de milagres e faz tudo a sua maneira, confie em Deus, pois ele é o Todo Poderoso.

Orar é uma pratica muito simples, não devemos buscar palavras difíceis para falar com Deus, Deus gosta de simplicidade, acima de tudo Deus quer uma oração sincera, que venha do fundo do coração. Deus não ouvirá sua oração por sua fala rebuscada, mas sim pela sinceridade de seu coração.

Que Deus nos ajude a orar da maneira correta, de forma que o agrade. Que Deus nos abençoe. Amém



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Homossexualismo e Pedofilia



Nunca ouvimos falar tanto desses dois assuntos como temos ouvido nos últimos tempos. São assuntos delicados de serem tratados e muitas pessoas tem receio ou até mesmo medo de tocar nestes assuntos, que se pode presumir que estão intimamente ligados. Mas o que deve ser feito a este respeito? Qual deve ser a nossa postura ao tratar de um assunto como este?

Não podemos ser omissos ou ficar em “cima do muro” ao tratar de um assunto como este, o homossexualismo tem crescido cada dia mais no Brasil e também no mundo. Partimos do pressuposto que o homossexualismo vai contra a vontade de Deus, porém Deus ama as pessoas que cometem esse pecado. Ou seja, Deus ama o homossexual, mas abomina o homossexualismo. (Deus ama o pecador, mas abomina o pecado)

Os homossexuais de fato sofrem com grande preconceito da sociedade, mesmo com o fato de que isso vem se tornando cada dia mais normal. Mas a posição do preconceito não deve ser adotada. Devemos sim nos opor a atitude homossexual, mas devemos tratar com amor, para que dessa maneira vejam qual é o verdadeiro propósito de Deus para as suas vidas.

O homossexualismo e a pedofilia estão intimamente ligados. Em uma matéria publicada no jornal “A Folha de São Paulo” diz claramente isso, tratando pelo aspecto de que uma criança violentada possui 90% de chances de se tornar homossexual quando adulto, e ainda tem grande probabilidade de cometer o crime da pedofilia.
Devemos sim enfrentar isso, devemos ir contra, evitar que este movimento cresça, mas nunca com preconceito e mau trato aos homossexuais, mas devemos conscientizá-los, mostrando o amor de Deus.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 7 de abril de 2010

E a tecnologia?



Nos dias que estamos vivendo tudo é muito moderno, os sociólogos dizem que isso não é a pós-modernidade, mas enquanto não derem outro nome chamarei esse período de pós-modernidade. Hoje temos tudo para recebermos informações de todos os lados. Computadores, televisão, jornais, revistas, celulares, mp7, mp10, entre muitos outros. Mas o que isso tem feito a favor ou contra o nosso relacionamento com Deus?

Com essa modernidade toda temos um acesso muito mais fácil a coisas ligadas a Deus como a bíblia. Temos a bíblia no computador em varias línguas, inclusive nas originais, para podermos estudá-las e assim nos aproximarmos mais de Deus. Temos a bíblia no celular, para podemos ler ou pesquisar versículos a qualquer momento. Alem de termos todos os tipos de versões da bíblia para todos os gostos e idade.

Por outro lado toda essa tecnologia pode nos afastar de Deus. Por exemplo, você está esperando alguém chegar a sua casa, e essa pessoa começa a demorar, se fosse algum tempo atrás, você ficaria preocupado e iria orar. Mas como temos toda essa modernidade, você simplesmente pega o celular e liga para a pessoa, e verifica o que está acontecendo. Programas de televisão que são para abençoar pessoas podem causar intrigas nos lares. Pessoas que estão tão próximas e tão distantes ao mesmo tempo.

A tecnologia está aí, cabe a nós simplesmente sabermos usá-la a nosso favor de modo que ela nos aproxime de Deus, nos de mais comunhão com Deus e com os nossos irmãos. A tecnologia existe em nossa função, e não para nós vivermos em função dela.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 31 de março de 2010

Páscoa: Coelho ou Cordeiro?



A palavra páscoa em sua língua original, o hebraico significa passagem, mais adiante entenderemos o significado desta palavra. A mídia transformou a data da páscoa em algo comercial, colocou na cabeça da população que é data de todos ganharem chocolate, e ainda mais que isso, que coelhos botam ovos.

Mas a páscoa tem um significado muito especial, significa algo muito maior do que comercio, coelhos ou chocolate. A primeira páscoa marcou a libertação do povo de Deus. Era a décima praga, todos os primogênitos morreriam então Deus ordenou que matassem um cordeiro, e passassem o seu sangue nas ombreiras das portas, e assim os filhos não morreriam. A páscoa ou a passagem simboliza a passagem de Deus pelo povo, e quando Deus passa marca a historia.

E você o que prefere? Coelho ou cordeiro? O coelho é o representante dos chocolates, e o cordeiro representa a salvação. O coelho vem uma vez por ano, o cordeiro vem todos os dias. O coelho vem para quem tem dinheiro, o cordeiro vem para todo aquele que o invocar. O coelho te da chocolate, o cordeiro te da a salvação e a vida eterna. E ai, você tem duvidas de qual você quer?

Nesta páscoa lembre-se de seu verdadeiro sentido, não precisa deixar de comer o delicioso chocolate, mas o importante é lembrar-se do sacrifício do cordeiro. Jesus Cristo é o cordeiro que morreu para todos pudessem herdar a vida eterna.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 24 de março de 2010

Como anda sua espiritualidade?


O sentido da palavra “espiritual” foi muito banalizado ultimamente. Pessoas dizem ter um nível de espiritualidade elevado, sentem o poder de Deus constantemente. Mas será que é isso que a palavra espiritualidade quer dizer? Bom, não quero formar um conceito de espiritualidade em sua mente, só convido você a refletir como anda sua “espiritualidade”, no sentido de relacionamento com Deus.

De qual maneiro você se relaciona com Deus? Qual o seu tempo de buscar a Deus? Quanto tempo você ora por dia? São perguntas que às vezes nos fazemos para medir nosso relacionamento com Deus. Mas um relacionamento com Deus, deve ir muito alem disso. Deve ser baseado em todos os momentos da sua vida. Deus está sempre presente, nos bons e maus momentos, ele está ao nosso lado. Devemos saber enxergá-lo e tirar lições de todas as situações.

Deus vê tudo o que fazemos, ele sabe de nossos esforços ou negligencias. Devemos buscar a Deus, mas não somente isso. Devemos também nos esforçar para que consigamos aquilo que é da vontade de Deus para as nossas vidas. Por exemplo, em uma prova, é da vontade de Deus que você tire uma boa nota, porem isso depende do seu esforço aliado a vontade de Deus. Obviamente uma pessoa que não tem temor a Deus nem faz sua vontade, irá ter uma nota melhor que sua, caso você não estude e a pessoa sim.

Devemos buscar a Deus o tempo todo, e necessitamos perceber as coisas que Ele tem feito por nós. Não é necessário que aconteçam “milagres” para vermos. Ele está presente em cada pequeno ato, existem muitas coisas que Deus age em nossas vidas que passam simplesmente despercebidas pela nossa falta de sensibilidade. Estejamos sensíveis ao que Deus quer fazer conosco, e fiquemos com o coração aberto para que ele realize as suas maravilhas em nossas vidas.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 17 de março de 2010

Obrigado Senhor



Agradecer a Deus é algo que costumamos fazer todos os dias, muitas vezes por costume, é algo que se tornou rotina para nós. Ao fazermos isso, não temos noção de na verdade o quanto Deus tem nos ajudado, protegido e cuidado de nós.

Hoje eu completo 20 anos de idade, e posso dizer com toda a certeza, que durante esses 20 anos em nenhum momento sequer Deus deixou de estar ao meu lado e cuidar de mim. Posso dizer isso nos mínimos detalhes, que muitas vezes não faz diferença para a vida de muitas pessoas. Mas em 20 anos Ele tem tido o cuidado de sempre suprir todas as minhas necessidades, de tal forma que eu não possa reclamar de nada.

E a cada dia me surpreendo com o que Ele vem fazendo em minha vida. Existe uma musica que diz “Eu olho pra trás e não vejo mais nada, o Teu amor cobriu a multidão dos meus erros. Eu olho pra dentro eu vejo um rio, o teu amor cobriu um grande vazio”. É essa a sensação que eu tenho. No livro de I Coríntios 2:9 diz “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam”.

E eu sei que Deus tem preparado o melhor para a minha e para a sua vida. Basta confiarmos e entregarmos a vida a Ele. Jesus mudou a minha história e fez o que ninguém podia imaginar. A minha vontade é viver só para Cristo. E isso também pode acontecer com a sua vida. Esteja disposto. Que Deus te abençoe!



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 10 de março de 2010

Dia Internacional da Mulher



No dia 8 de março é comemorado o dia internacional da mulher. O que a mulher representa para a sociedade? Um pouco mais afundo o que a mulher representa para você? O que as mulheres pensam de si mesmas? Muitas coisas relacionadas as mulheres vem mudando com o tempo, por suas lutas e conquistas, e também por reconhecermos o que elas realmente são.

Mães, irmãs, namoradas, esposas, confidentes, entre muitas outras coisas, as mulheres ao longo do tempo tem sido presente na vida dos homens como alguém que da o apoio. Atrás de um homem bem sucedido, sempre existe uma ótima esposa, uma ótima mãe, ou algo deste gênero.

Muitas mulheres lutam pelos direitos iguais, mas elas devem compreender que isso não é necessário, as mulheres são tão especiais, que devem sim serem tratadas de maneira diferente, com mais cuidado, com mais carinho. As mulheres são guerreiras, são competentes, estão sempre prontas quando precisamos delas. Não devemos nos dedicar a elas apenas um dia no ano, mas em todos os momentos, devemos tratá-las com todo amor e carinho.

Agradeço a Deus pelas mulheres da minha vida. Minha mãe Edna, minha irmã Lígia, minha avó Raimunda e pelo presente especial que ele me deu, minha linda namorada Mirella.



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 3 de março de 2010

Faltam 100 dias



Começa hoje a contagem regressiva para o "maior espetaculo da Terra" a Copa do Mundo de Futebol. Existe grande expectativa para esse torneio que ocorre a cada 4 anos no mundo!

Milhões de dolares são investidos neste torneio, que vem sendo preparado há varios anos. Por exemplo, o Brasil irá receber o torneio no ano de 2014, e desde já muitos são os preparativos e preocupações para este evento.

Em junho, só aqui no Brasil serão mais de 170 e milhões de pessoas unidas torcendo por um unico objetivo, a conquista da taça do mundo. Pessoas empenhadas, que perdem noites de sono com isso, sem ao menos ter uma ligação indireta com algo da copa. Pessoas fanaticas, viciadas, que entram em depressão, brigam, e muito mais por uma partida de futebol, por um campeonato.

Eu torço sim para que o Brasil consiga este troféu, mas torço muito mais para termos um Brasil UNIDO em outras areas. Seria muito melhor, se o brasil fosse unido em paz, unido em amor, unido em solidariedade. Seria muito melhor se no Brasil nao houvesse desigualdades sociais, se não houvesse nenhum tipo de racismo ou preconceito, se não houvesse discriminação!

Meu clamor, é que faltem 100 dias por um Brasil e um Mundo de paz, amor, solidariedade, e igualdade. Que o amor de Deus reine sobre todas do Planeta. "Planeta Bola" e Planeta Terra.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Não construa sua casa sobre a areia


Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha;
e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.
E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia;
e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.
Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina;
porque ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.


Estamos vivendo dias difíceis, onde varias catástrofes naturais relacionadas a chuvas do mês de verão que tem assolado varias cidades do nosso país. Quanta dor, quanta tristeza e quanta falta de esperança enchem o coração de nossa gente. Famílias, casas e até cidades inteiras sendo arrastadas pelas fortes chuvas do inicio deste ano. Certamente essa não é a melhor maneira de se começar um ano, então perguntamos: O que essas pessoas vitimas das chuvas podem esperar deste ano que se inicia? O que nós podemos refletir diante das varias circunstancias de perigo que poderemos enfrentar no ano de 2010?

O texto acima relata o final de uma conversa que Jesus teve com seus discípulos e as multidões; neste sermão da montanha, Jesus desafia os seus seguidores tratando de assuntos de grande relevância, tais como as bem aventuranças, amor ao próximo, ajuda aos necessitados, amor aos inimigos, jejum, os tesouros do céu e as preocupações da vida. E no final deste sermão Jesus os alerta para que sejam prudentes praticando os seus ensinamentos, fazendo assim uma comparação entre dois homens; aquele que constrói a sua casa sobre a areia, e aquele que constrói a sua casa sobre a rocha.

Nas duas casas usadas como exemplo por Jesus são submetidas às mesmas dificuldades ”e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa”. (vs25 e 27). Mas havia uma diferença entre o homem prudente e o homem insensato, é que o homem prudente construiu a sua casa sobre a rocha, e mesmo com essas dificuldades ela permaneceu intacta, e o homem insensato a edificou sobre a areia, sendo assim grande a sua ruína.

Nesses últimos dias vimos varias construções sendo destruídas pela força da natureza, mas também pela imprudência de seus construtores, como podemos perceber em Angra dos Reis – RJ. Varias casas sendo construídas próximas a praia em terrenos inapropriados para construção, mas também de grande lucro através dos seus alugueis. Infelizmente, depois das tragédias que vimos, é que a defesa civil e os órgãos governamentais fiscalizam o assoreamento das nascentes, que são brutamente desviadas com finalidades de construir essas residências de luxo nas encostas dos morros próximos as praias.

Lamentamos profundamente as perdas irreparáveis de pessoas atingidas pelas chuvas e oramos por todas as famílias que estão passando por esta angustia, para que o consolo de Deus e a sua provisão possam alcançá-los, mas também percebemos o alerta de Jesus para sermos prudentes e obedientes a sua palavra, construindo e edificando nossas casas, sonhos e projetos para o ano de 2010 sobre a rocha que é Cristo.Em Cristo temos a segurança, a estabilidade e a firmeza para todas as decisões de nossa vida.


Lucas Fernando Borba dos Santos
William de Souza Ramos

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Paredão


Charge de Jasiel Botelho, retirada de seu blog. www.jasielbotelho.com.br
Big Brother Brasil 10 rolando e isso acontece com os pastores!
Eu IMPLORO, não vejam BBB, um programa pornografico e fútil, de pessoas com mentes vazias e sem nenhum temor a Deus.
Campanha: Troque BBB por um livro!


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Haja Coração


Haaaaaaaaja coração... este é o tema do acampamento de carnaval 2010 da Igreja Presbiteriana Independente Central de Presidente Prudente! Baseado no versiculo de Ezequiel 36:26 "Darei a vocês um coração novo, e porei dentro de vós um espirito novo, tirarei de vós, tirarei de vós o coração de pedra, e vos darei um coração de carne."

Serão dias de muitas bençãos, com banda Nephesh e Maicon Correia. Os preletores serão Roberto Márcio (MPC) e Palhaço Paulinho (MPC).

Estamos prontos para o Senhor, foram, meses de preparação para o Senhor, e chegaremos com força maxima. Você que passara estes dias conosco no Terra Parque, PREPARE-SE PARA O SENHOR!

Se você não irá por algum motivo, esteja em espirito de oração! E Esperamos você em 2011!

Fique na paz do Senhor!

"Darei a vocês um coração novo, e porei dentro de vós um espirito novo, tirarei de vós, tirarei de vós o coração de pedra, e vos darei um coração de carne." Ezequiel 36:26



Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

As comparações - Conclusão


Podemos passar por todo tipo de tentação, adversidade e dificuldade. E isso realmente acontecerá em nossas vidas. Não cremos em um evangelho “tabajara” que se aceitarmos Jesus nossos problemas acabaram. Passaremos sim por dificuldades, e nessa hora veremos onde estamos edificando nossa casa.

Podemos enganar as pessoas por um tempo, mas um dia seremos descobertos caso estejamos edificando nossa casa sobre a areia, nada fica encoberto a Deus, e Fiel e justo para nos julgar.

Devemos ser como o HOMEM prudente que se manteve alicerçado na rocha, passando por dificuldades e provações, mas estava firme em Deus que é a nossa rocha eterna. Pois Deus não abandona o Justo, e no livro dos salmos capitulo 37 Davi diz que já foi moço e está velho, porem nunca viu o justo desamparado, nem a sua descendência mendigar o pão.

Deus é Fiel e sempre estará conosco, e que ele nos de força para OUVIR a sua palavra, colocá-la em PRÁTICA, e assim EDIFICARMOS uma casa sobre a rocha eterna, Jesus Cristo o nosso Senhor e Salvador.


Lucas Fernando Borba dos Santos

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

As comparações - Edificar


A edificação é o resultado da pratica ou não pratica daquilo que foi ouvido. O HOME PRUDENTE OUVIU E PRATICOU as palavras ditas por Jesus. Já o HOMEM INSENSATO também OUVIU, porem NÃO AS PRATICOU. Ambos conseguem edificar a sua casa, mas em locais diferentes.

O HOMEM INSENSATO edificou a sua casa sobre a areia teve menos trabalho pra construí-la, mas um dia chegaram às adversidades e elas o atacaram por todos os lados. A chuva vinda de cima, os rios enchendo-se vindo de baixo, e os fortes ventos o atacando pelos lados. E a casa do HOMEM INSENSATO caiu, e foi grande a sua queda, como diz no versículo 27.

Nos dias de hoje estamos vivenciando episódios lamentáveis. Casas desabando, enchentes tomando conta de cidades inteiras, ventos fortíssimos devastando casas. Estamos vendo pessoas perderem tudo. A água levando embora o pouco que as pessoas tem. Vemos exatamente o que é citado por Jesus. Chuva castigando as pessoas, enchentes dominando e ventos devastando. E as pessoas pagando um alto preço por terem construído suas casas na “areia”. Construíram casas em locais não aconselhados, a beira de encostas, nos barrancos, sem o alicerce necessário. E o resultado foi este. E foi grande a sua queda. Infelizmente a todo o momento que ligamos a TV é isso o que vemos. E como dói nosso coração ver coisas desse tipo, como é ruim receber essas noticias. Certamente, pois isso não é o plano de Deus.

Deus não se entristece como nós ao ver isso. Deus da chance as pessoas, mas elas agem como um HOMEM INSENSATO que edifica a sua casa alicerçada na areia.
Porem quem OUVE as palavras de Deus e as coloca em PRÁTICA, é como um HOMEM PRUDENTE, que edificou a sua casa sobre a rocha. Vieram sobre ele as mesmas adversidades e elas o atacaram por todos os lados. A chuva vinda de cima, os rios enchendo-se vindo de baixo, e os fortes ventos o atacando pelos lados. Mas o HOMEM PRUDENTE permaneceu firme, pois a sua casa estava EDIFICADA sobre a rocha. Pois após de ter OUVIDO as palavras não as deixou de lado, esforçou-se, abriu mão de privilégios, sacrificou-se para fazer a vontade de Deus, e mesmo com as adversidades permaneceu firme.

A palavra do Senhor diz que as tentações que temos de enfrentar, são as mesmas que todos enfrentam, mas Deus cumpre sua promessa, e não deixa que soframos além daquilo que se pode suportar.


Lucas Fernando Borba dos Santos